Um dia que deixou marcas

Comunidade da Ericeira

A comunidade da Ericeira viveu o dia 12 de fevereiro, dia do aniversário da Venerável Luiza Andaluz, em comunhão, simplicidade e alegria.

Antes da oração de Laudes foi lido o texto em que a Madre Fundadora nos relata a hora e a data do seu nascimento, assim como dos sacramentos da iniciação cristã, que nos introduziu no espírito e importância deste dia para nós, Servas de Nossa Senhora de Fátima.

Demos à nossa oração de Laudes um tom festivo e de louvor ao Senhor pela vida da nossa Fundadora e pela herança espiritual que nos legou. Celebrar o seu nascimento é celebrar o dom de uma vida totalmente doada a Deus e aos irmãos, de cuja doação nós somos diretas beneficiárias. Foi com muito agrado que dispusemos deste dia para participar no que nos foi proposto pela Congregação: Apresentação da Marca do “Luiza Andaluz Centro de Conhecimento” que foi para nós a grande e agradável novidade do dia. Foi também um momento importante a recitação do Rosário, preparado e orientado pelo CDJ.

Ao almoço foi recitado um poema alusivo ao acontecimento e cantamos os parabéns à Madre Fundadora.

Tivemos mais um mimo de Deus para assinalar este dia: Eucaristia presencial, presidida pelo Sr. Pe. Tiago, coadjutor da paróquia da Ericeira que, com muito gosto, se ofereceu para celebrar na nossa Capela. Na homilia, fez ressaltar as qualidades de Luiza andaluz e a Obra que ela deixou, concretamente na Ericeira. No final da Eucaristia aceitou partilhar do bolo de aniversário que a comunidade tinha preparado.

Solenizamos a oração de vésperas e nela fizemos a partilha do nosso retiro.

Ainda tivemos a graça de participar no terço com a paróquia, transmitido por via zoom.

Foi um dia feliz e fraterno, muito rico de vivências que fez dele um dia especial, deixando marcas em todas nós.

As Irmãs da comunidade da Ericeira