Jantar de Natal, na Casa Mãe

 

Dia 21 foi escolhido para ser o dia das Famílias das nossas Colaboradoras e Voluntárias. Todas as Colaboradoras e Voluntárias foram convidadas a trazer os familiares mais directos para um Jantar de Natal, na Casa Mãe, onde estas exercem a sua actividade profissional ou o seu voluntariado. Apenas duas não puderam comparecer por motivos pessoais. Toda a Comunidade participou do Jantar, excepto as Irmãs mais debilitadas/acamadas, que precisavam de ser deitadas mais cedo. Pelas 19.30, já quase todos tinham chegado e fomo-nos juntando à volta da mesa para saborearmos uma refeição preparada com esmero, em que todas colaborámos, cada uma a seu nível, para que tudo decorresse em festa e alegria. Iniciámos com a oração dos cristãos, o Pai Nosso e, de seguida, gerou-se, à volta da mesa, um convívio agradável e, na altura adequada, convidou-se os presentes a passar a outro momento, a acolher uma mensagem natalícia através de um pequeno texto que foi distribuído a quem quis incarnar as personagens nele contidas. A mais pequenina do grupo, a Íris, filha da enfermeira Inês, que já nos tinha mimoseado com uma canção de natal também quis participar assumindo a personagem do Anjo, ela que está agora a aprender ainda as primeiras letras, com a ajuda da mãe, deu um colorido muito especial a estes momentos. Seguiu-se este convívio com a entrega dos nossos presentes para elas. A Irmã Inês convidou os filhos, a Íris, o Cristiano, o Carlos e a Sara a irem junto do presépio à descoberta dos presentes das mães para lhes entregarem com um gesto de ternura. Depois as que receberam foram buscar para as colegas cujos filhos são bebés ou que não estavam presentes. Gerou-se um burburinho engraçado, cheio de vivacidade, assim como o momento que se seguiu em que as colaboradoras fizeram uma troca de prendas entre elas e nos entregaram também prendas para a Comunidade. Muito especial foi também termos dois “Meninos Jesus”, a bebé Leonor, da nossa colaboradora Joana e o bebé Rodrigo da colaboradora Andreia, que nesta noite experimentaram muitos “colos” mas que não dispensaram os das suas mamãs, mas estiveram muito bem, quase não choraram durante o Jantar, só o Rodrigo é que reclamou o mimo da mãe pois o dia fora difícil por causa das vacinas que levou.

No final do Jantar a Irmã Inês agradeceu terem aceitado o nosso convite revestido de amizade e desejo que as Colaboradoras não sejam meras funcionárias mas pessoas que estimamos e queremos sejam felizes no seu trabalho diário, feito de entrega e doação. As Colaboradoras que puderam ficaram para nos ajudar nas loiças e até os “ maridos” as carregaram para a copa, numa colaboração e simpatia alegres.

Este foi um momento de estreitarmos laços, reconhecermos outros “rostos”, ligados aos que vemos no nosso dia-a-dia e de celebrarmos com alegria o Natal do Senhor em comunidade mais alargada, numa feliz partilha fraterna.

Comunidade da Casa Mãe