Encontro de Coordenadores da Família Andaluz em Portugal

No passado dia 22 de Setembro, os coordenadores e as assistentes espirituais da FA-RIC estiveram reunidos com a coordenação nacional na Casa Luiza andaluz – Fátima para preparação do ano pastoral 2018/2019.

À luz do tema “Liderança segundo Luiza Andaluz – Missão das coordenações e irmãs assistentes”, reflectiu-se sobre o papel da coordenação no grupo e na sua dinamização. Sendo a coordenação uma missão que se recebe e que deve ser desempenhada com responsabilidade e sacrifício, vivida segundo o Espírito de forma a despertar no coração do outro a vontade de seguir no mesmo caminho em total liberdade. A coordenação deve estar ao serviço do grupo e agir abrindo espaço para que o outro possa surgir e colocar os seus talentos à disposição. Surgiu uma designação bonita: Liderança fraterna.

Seguindo a linha de Jesus: Fazer a Vontade do Pai, num meio onde o produzir coisas é cada vez mais uma exigência, falamos da importância da produção espiritual, a exemplo de Luiza Andaluz, marcada por uma forte determinação, firmeza de propósito, com uma grande capacidade de atrair, formar e entusiasmar para a causa do Senhor, através da sua delicadeza e igualdade da sua convivência com todos, marcada pela Fé e Confiança.

Saímos deste encontro com ânimo renovado e a certeza que estamos ao serviço de um líder maior: Jesus Cristo. Temos o dever de seguir a Sua vontade, mesmo que ela não vá de encontro à nossa vontade. Temos de fazer do nosso desânimo, força, das nossas dúvidas, certezas e devemos trabalhar uma liderança fraterna, de proximidade e generosidade para com o outro. Os grupos das FA são a extensão das irmãs no mundo. Tenhamos a coragem e a confiança de seguir o exemplo que nos dão e coloca-lo em prática.