A santidade em Luiza Andaluz

No último dia 13 de Janeiro, a Família Andaluz de Portugal, leigos e irmãs assistentes, encontrou-se em Fátima para escutar o tema de formação“A santidade em Luiza Andaluz”, cuja orientação esteve a cargo da irmã Inês Vasconcelos. Éramos 52 pessoas, que comungávamos do carisma e espiritualidade sacerdotal e mariana de Luiza Andaluz, e que nos queríamos deixar seduzir ainda mais pela santidade da sua vida, atestada pela recente aprovação papal das suas virtudes heróicas. O tema foi desenvolvido com entusiasmo e alegria e partilhado em dinâmicas de grupo e em plenárias. O modo simples e veemente com que a oradora falou da santidade de Luiza, num crescendo contínuo, encorajou-nos a fazer um idêntico percurso, inspirando-nos nas âncoras da sua vida santa: a intimidade com o Senhor, a centralidade eucarística da sua piedade e o amor inegável à Virgem Maria, a branca Senhora de Fátima, por quem nutria profunda devoção.

A Venerável Luiza Andaluz foi uma apaixonada por Deus e pelos homens e mulheres do seu tempo. O seu amor a Deus traduzia-se no serviço simples e humilde às pessoas, sobretudo as mais pobres e pequenas, diante das quais se ajoelhava em pedido de perdão, quando julgava tê-las magoado. 

O seu lema de vida foi “Coragem e Confiança”, porque nunca desistiu de confiar em Deus, que não a desiludia e que estava sempre pronto para responder aos seus apelos, a favor dos pobres e das obras de promoção social e de evangelização, a que generosamente se dedicava. A elas entregou toda a sua riqueza de família brasonada de Santarém.

Creio que todos regressámos com maior entusiasmo cristão, com laços fraternos mais apertados e com mais vontade de vivermos o nosso batismo, no seguimento de Jesus Cristo Sacerdote, cada um segundo o estado de vida com que se comprometeu, a exemplo de Maria, a Serva do Senhor.

Irmã Deolinda Serralheiro